29 de abril de 2011

Goiás? Eliminado... Próximo!

Passamos! Estamos nas quartas de final da Copa do Brasil, ou podemos dizer também que estamos a poucos jogos da vaga na Libertadores 2012.

Mais uma vitória, mais um 1x0 e mais uma vitória com gol do Dagoberto. Realmente até agora não dá pra reclamar do cara, ta fazendo gol como ha muito tempo não se via e o melhor, não ta mais sofrendo com táticas malucas de ter que jogar de meio campo e tendo que marcar jogador. nesse vídeo ele explica bem o que esta fazendo o Dagoberto finalmente justificar o apelido de "Dagol". Carlinhos Paraíba também jogou muito! Ia para a defesa buscar bola, atacava dos dois lados do campo e foi dele a assistência do nosso gol.














Queria destacar também que nessa volta ao Morumbi, fomos 32.001 pessoas que foram lá para ver o time jogar em casa, na nossa casa, em um jogo que começou praticamente as 22 horas e em uma Quarta-feira fria e chuvosa.

Não foi o melhor jogo do ano, não foi o melhor clima do ano. Mas eu estava lá e também tomei chuva na cabeça, esfriou e ja sabia que não seria um jogo emocionante. Por que? Simples, regulamento debaixo do braço, ué...
Tínhamos já um gol de vantagem feito fora de casa, e depois que fizemos o primeiro em casa, daí é como eu disse lá no estádio: Pronto, chama o pipoqueiro que agora o jogo já é nosso mesmo e ninguém vai ficar se matando em campo. Dito e feito, foi assim o resto do jogo que foi levado como se fosse um jogo treino.

Não acho que isso seja uma coisa certa, pois todo mundo está ali para ver o time bem e ganhar moral se ganhar de mais, mas se nos colocarmos no lugar deles, imagina: Estamos com um monte de gente no DM com lesão, cansaço e etc. Se quem está em campo se esforçar demais vai acabar lá também e isso não pode acontecer. Qual a saída? Não vamos nos desgastar demais.

É isso que tem acontecido desde o jogo contra a Portuguesa lá no Canindé. O time vai lá, garante um resultado positivo mínimo e fica na espera do time adversário. Se o time não oferece perigo nenhum, empurra com a barriga mesmo porque o time não pode ficar perdendo e se cansando porque se vê que este ano (ufa!) estão levando um pouco mais a sério 2 campeonatos de uma vez e não teremos mais o negócio de priorizar um campeonato no primeiro semestre. E outra, já estamos na fila do Paulistinha ha cinco anos e pelo jeito a ordem é não deixar completar o sexto.

Agora que venha o Avaí... Ei Guga, vai preparando o chororô aí porque o time do fininho tá chegando!

Postar um comentário